Arquivo mensal: setembro 2013

ENTREVISTA COM ENDLESS FALL

Imagem
Como sempre buscando não so fazer um evento com shows pra o nosso publico, mais também fazer com que este venha conheçer as bandas que por aqui estarão passando… Para a 10° edição do BOQUEIRÃO FESTIVAL teremos as seguintes atrações NERVOCHAOS e WOSLOM de São Paulo e entre as baianas PASTEL DE MIOLOS, PUTRID SEMEN, DOYKOD e EXCLUSOS esta a THE ENDLESS FALL, uma banda nova, mais com muito a mostra e produzir dentro do estilo Melodic Death Metal, que é o que estes se propõem a produzir. A entrevista foi feita com o batera Renato, onde falamos não so sobre a banda, mais também sobre outros assuntos… Confiram…

1.   Pra dar inicio as entrevistas com as bandas da 9° edição do BOQUEIRÃO FESTIVAL, temos aqui a THE ENDLESS FALL banda nova do cenário mais com muito a mostra e a produzir… Renato o que te levou a formar esta banda de MelodicDeath Metal? Como foi os primeiros anos desta?

R: Primeiramente gostaria de abrir essa entrevista parabenizando-o pela excelente iniciativa, para nós do THE ENDLESS FALL é uma honra poder estar contribuindo com este grande projeto. Então, não formei esse trampo sozinho, tive a ajuda de dois grandesbrothers de longas datas, um dos melhores músicos que a Bahia já produziu, Jack Ferreira(Guitarrista) e que logo depois outro grande brother e músico competente que partilha dos mesmos ideais chegou pra fazer a diferença, que foi Julio Cesar(Vocalista). Nós temos um gosto em comum dentro das milhares de vertentes do Heavy Metal, que é o Death Metal Melódico, somos fãs de grandes bandas do estilo como: Mors Principium Est, DarkTranquility, At the Gates, Dissection e etc… E temos a mesma meta, fazer crescer esse estilo aqui no Brasil, que por sinal tem várias outras bandas muito boas representando o mesmo, como: SpreadingHate, EvilInside, Survive, Deadly Curse e etc… Tudo no início foi meio complicado, a banda era apenas um projeto, ninguém dava tanta importância, a maioria das vezes por falta de tempo, mas cada vez mais sentimos a necessidade de levar mais a sério, então gravamos nosso EP em 2011, lançando ele apenas este ano (2013) e a partir daí demos início de vez com o THE ENDLESS FALL, que deixou de ser um projeto.
2.   Acho que uma coisa que dar dor de cabeça é escolher nomes pra banda, como foi a escolha do nome THE ENDLESS FALL?

R: Sem dúvida, essa parte é chata! Rsrs Tivemos sim alguns problemas com isso, às vezes faltava ideia, às vezes eram listas imensas de nomes que não conseguíamos decidir qual escolher! Rsrs Mas esse nome foi escolhido por causa de uma música de uma banda que também gostamos muito, que é o Mercenary, o nome da música dos caras se chama também The EndlessFall. Mas o que casou além da música, é o que esse nome conseguiu representar pra nós, se tratando dos temas que abordamos nas letras. Para nós, esse nome fez bastante sentido.

3.   Vocês possuem um trabalho gravado e lançado via digital e que será lançado por um selo gringo. Quantos download já foram feitos desta obra e qual o acordo com este selo? Previsão de lançamento em versão fiisica aqui no Brasil?

R: Na verdade o nosso único material no momento, que foi o EP “The EndlessFall”, já foi lançado pela SatanicaProductions (Nova Zelândia) selo o qual fazemos parte, em Julho deste ano.Xan (Proprietário do selo) é um cara super gente boa e na hora que ouviu o som, quis lança-lo, e já está empolgado com o Debut. Infelizmente ficou um pouco burocrático trazer umas cópias de lá, então, estamos agilizando uma versão nacional desse material para podermos distribuir pro pessoal nos shows, inclusive, no Boqueirão. E sobre os downloads, posso dizer que foram muitos, não tenho um número exato…

4.   De quem é a arte de capa e qual o seu significado?

R: Nossa arte gráfica fica por conta do nosso Designer/Amigo: Marcos Souza (Facebook: Meta Quantum) pra mim, hoje é um dos melhores designers do Brasil. O que quisemos passar na capa, sinceramente…? Não sei!Rsrs Com esse EP não nos preocupamos muito com isso, só batemos o olho na arte e gostamos, sem dúvida pros próximos lançamentos nos preocuparemos sim em passar uma mensagem na capa. Rsrs, gostamos de praticamente todos os trampos do nosso brother Mike (Marcos Souza) e que inclusive ta conseguindo seu espaço aqui e lá fora junto conosco. Pro próximo material já temos algumas ideias pro trampo gráfico, essa vai ser uma tarefa difícil.Imagem

5.   A banda se encontra no momento trabalhando nas musicas pro proximo lançamento.  este será mais um ep ou pode vim a ser o primeiro album da banda já que tem tido um bom resultado da divulgação do primeiro EP?

R: Bom, pro ano que vem já está sendo preparado o nosso Debut, estamos com 8 músicas em pré-produção, inclusive, além do SatanicaProductions, estamos fechando com mais 2 outros selos para esse lançamento.

6.   Como que vem sendo os trabalhos de composição, gravação e criação pra esta próxima obra?

R: Isso não foi tão difícil pra esse Debut, como a banda ficou parada muito tempo, várias composições ficaram na manga, além das 4 que selecionamos pro EP, já tínhamos mais umas 10 gravadas, eu e Jack sempre que podemos nos reunimos pra compor algo, é um hobby. Se tratando do instrumental, nós já temos o feeling, algumas músicas componho sozinho, outras ele, mas geralmente 90% das composições fazemos nós dois e assim por diante. As letras deixamos por conta de Julio mesmo, que já é um cara muito experiente nesse quesito.

7.   Nas redes sociais vemos muita gente dizer que gosta de Rock/Metal, mais nos shows a realidade é outra. Qual a sua opinião sobre isso e o que dizer para esses que preferem ficar em casa atrás de um computador ao invés de ir aos shows, obter os materiais das bandas de sua preferência e ajudar o underground ser mais forte?

R: Cara, agora embaçou! Eu não costumo opinar muito sobre isso, eu acho que cada um faz suas escolhas, faz o que quer, só não devem reclamar quando tudo conspirar contra o mesmo. Sempre tive essa ideia de montar banda, pra fazer shows, movimentar um pouco o cenário, e esse é meu intuito com os caras que estão comigo nessa empreitada, poder estar sempre presente, participando de shows, fazendo nossa parte. Se todo mundo realmente colaborasse, se todo mundo fosse mais unido, teríamos um cenário pra ninguém colocar defeito! Admiro muito o que caras como você fazem em prol do Metal no interior. Faça sua parte e com certeza tudo irá conspirar a favor.

8.   Como tiveram conhecimento do festival e o que podemos esperam da apresentação de vocês no Boqueirão Rock Metal Festival e o que acham deste evento aqui no agreste/sertão baiano?

R: O Boqueirão é bastante conhecido na Bahia e no Brasil, sempre ouvi bons comentários sobre você e o Fest. Amigos meus já tocaram em algumas edições, eu tive a oportunidade de tocar na última edição e ver de perto o teu corre, todo seu compromisso, então, sem mais delongas. Você faz manter a chama do Metal Baiano acesa e com certeza isso não passa despercebido. Estamos nos empenhando ao máximo pra fazer um grande show, sim, de estreia! No repertório alguns covers, então, estamos bastante empolgados, sem dúvida será um de nossos vários shows e estreando no Boqueirão, começamos bem!

9.   Não sei ao certo, mais este será o primeiro show da The Endless Fall?

R: Sim, será sim. A banda deixou de ser um projeto esse ano, com o lançamento do EP e a resposta positiva do mesmo, todos os membros estão mais tranquilos em relação às outras bandas, então estamos com mais tempo livre para nos dedicar ao The Endless Fall.
Inclusive estamos fechando shows, tentando algumas outras datas próximas ao Boqueirão, contato: theendlessfall11@gmail.com

10. Sabemos que no underground poucos , mais muitos poucos mesmo vivem da banda ou da musica em si. É sabido que você tem o seu instrumento como meio de sobrevivência, certo?   E os demais de que sobrevivem?

R: Isso, sou músico há 11 anos, com mais de 20 bandas e projetos no currículo, e é de música que eu vivo hoje em dia. Freelances tanto em show como em estúdio com gravações, aulas de bateria, workshops e etc… O restante dos integrantes não vivem de música, todos tem seus respectivos empregos paralelo à banda.

11. Bom é isso por agora. Obrigado e aguardo vocês aqui na 10° edição do B.R.M.. Deixe suas palavras finais e mensagem ao publico.

R: Só tenho a agradecer, Adauto. Pelo espaço cedido, pela honra em tocar em um dos melhores Festivais de Metal que a Bahia tem, que venha a 10ª Edição do Boqueirão e esperamos toda galera lá pra nos ajudar a fazer um grande show! Quem quiser ficar ligado na banda, só nos acompanhar pesquisando lá nosso perfil e página no Facebook: The EndlessFall.Imagem

Renato Bacelar Drummer

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: